BLOG

  • Buffet Villa Sandino

Casamento na Praia - Tudo que você precisa saber para planejar o seu

Casar com os pés na areia e com a paisagem maravilhosa do mar é, sem dúvidas, o sonho de muitas noivas. Porém, muitas vezes o sonho do Casamento na Praia não é levado a frente pelo casal considerar que vai ser mais difícil de programar, por não encontrar os fornecedores certos, ou por não ter o apoio nos familiares.


Como nossa missão é realizar sonhos, não podemos deixar você desistir do seu apenas por estas dificuldades. Por isso, elaboramos este guia completo sobre Casamento na Praia. Este post vai te ajudar a:

  • Escolher o local do seu casamento

  • Definir a melhor data e horário

  • Escolher o Buffet

  • Pensar nas bebidas que vai oferecer

  • Conhecer alguns mitos sobre o Casamento na Praia


Escolher o local do seu Casamento na Praia


Muitos que estão buscando sobre Casamento na Praia, na verdade desejam um Destination Wedding, aquele que é realizado longe de sua cidade e os convidados precisam viajar para ir ao casamento. Neste caso, temos um material completo sobre Destination Wedding, que com certeza poderá te ajudar!


Maravilha!

Então, o casamento será em uma praia próxima a sua cidade e você está na dúvida de qual casa escolher. Se é de Recife, temos um e-book com 19 locais incríveis para a realização do seu Casamento na Praia – Litoral Pernambucano.


Aqui, trazemos 10 passos importantes para levar em consideração na hora de escolher o local do seu Casamento na Praia.


1. Estime a quantidade de convidados – faça uma pré-lista

Cuidado para não se encantar com uma casa que não comporte sua festa. Antes de buscar o espaço para realização do seu casamento, seja ele na praia ou não, faça um levantamento da quantidade de convidados. Mesmo que essa lista se altere um pouco depois, é importante você ter uma noção do número. Pode parecer uma dica boba, mas não é incomum que casais precisem mudar o local do casamento por não caber mais no espaço contratado.


2. “Tem que ser na Igreja Católica e não abro mão”

Se o seu casamento tem que ser na Igreja Católica, a primeira coisa que você precisa saber é que os padres não mais celebram casamentos fora da igreja. Então, você precisa encontrar alguma casa que ofereça a estrutura necessária para receber seus convidados e também tenha uma igreja próxima. Se a ideia não é ser na igreja católica, ainda neste post daremos dicas sobre a cerimônia.


3. Pé na areia ou salto alto?

Se o seu sonho é realizar um casamento de fato com o Pé na areia (rasteirinha também vale, tá?), veja se o local que você está procurando tem esta opção, ou se tem autorização para utilizar algum espaço na praia. Já se você não abre mão do salto alto, procure uma casa com um salão ou um píer incrível com vista para o mar.


4. Qual o perfil e a animação dos seus convidados

Eles estão dispostos a se hospedar na praia para curtir a festa até o final? Será que vão se juntar para contratar um transporte para o casamento? Ou será que vão dirigindo mesmo e voltar cedo? Apesar de ser muito difícil fazer esta análise, saber o perfil dos seus convidados te ajudará a definir o local do seu evento e será fundamental para você definir o próximo passo abaixo.


5. Os convidados vão voltar no mesmo dia?

Se sua ideia é que os convidados voltem no mesmo dia, procure uma praia próxima, que não leve mais de 1h de carro para chegar ao seu casamento. Já se sua ideia é que todos se hospedem na praia no dia do seu casamento, você já fica mais livre para ir um pouco mais longe. Ainda assim, não passe de 150 km de sua cidade, a não ser que você queira um Destination Wedding.


6. Evite praias com acesso complicado

Se você seguir esta dica, certamente garantirá uma animação extra ao seu casamento. Uma viagem estressante já tira um pouco da empolgação dos seus convidados.


7. Hotel próximo é fundamental

Tudo que você não precisa após o seu casamento é fazer uma viagem longa para sua noite de núpcias. Procure as opções de hotel próximas ao local da realização do seu casamento. O hotel também será útil se você não tiver um espaço para se arrumar, fazer cabelo e maquiagem no grande dia.


8. Verifique a infra-estrutura da casa

Veja se o espaço dispõe de uma boa infra-estrutura para a realização de seu casamento.Você pode baixar aqui nosso check-list que te ajuda na avaliação da casa. E, também, uma forma simples de ficar segura com a casa escolhida é conversando com os fornecedores que já realizaram eventos no local: Buffet, Decoração, Assessoria, Cerimonial, etc.


9. Visite a casa no horário do seu casamento

Tente marcar a visita à casa em um horário próximo ao que você pretende realizar seu casamento. É uma forma de ver o sol naquele horário, a temperatura, o movimento ao redor, etc.


10. Se encante!

Todos os pontos levantados aqui são importantes. Mas, o fundamental mesmo é você se ENCANTAR pela casa! Não adianta a casa ter todos os atributos ideais para receber um casamento e não fazer seu estilo, não realizar os seus sonhos.


Definir a melhor data e horário do seu Casamento na Praia

Se é pra casar na praia, que seja em um dia ensolarado, não é?

Lógico que sim! Temos um ebook com as épocas de sol e chuva nas praias mais comuns para casamentos em Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Mas, de uma maneira geral, podemos dizer que aqui no Nordeste, os meses com menor possibilidade de chuva são de Setembro a Fevereiro.


Março e Agosto são meses com um risco moderado, porém se você pode escolher, melhor não arriscar. Dezembro e Janeiro são meses muito fortes também no turismo. Então, se seu plano envolve alugar uma pousada ou hotel para realizar o casamento e/ou hospedar seus convidados, evite estes meses para conseguir melhores valores.


Sobre horário, mesmo que a proposta do Casamento na Praia seja mais casual, nem você nem seus convidados estarão de saída de banho e biquini, correto? ;P Então, evite os horários mais quentes para uma cerimônia mais confortável. O melhor horário é colocar no convite às 15h30. Sua cerimônia estará começando às 16h, com o sol já mais baixinho e você terá fotos incríveis do por do sol. Depois, é só curtir a recepção a noite inteira.

Temos um post que trata exclusivamente sobre o horário ideal para casamento na praia. Confere aqui.


E, se vai ter recepção à noite, uma dica que damos é buscar as noites de lua cheia ou dias próximos. Com certeza será um ânimo extra à festa! Normalmente temos uma noite de lua cheia apenas por mês, e é raro cair em um sábado ou sexta-feira. Então, considere este último fator como cereja do bolo, tá? Não vale surtar ficar obcecada por isso. ;)


Alinhando todas essas variáveis, listamos aqui alguns dias bons, ótimos e espetaculares para o seu casamento.


Escolher o Buffet para um Casamento na Praia


Trouxemos aqui 7 dicas fundamentais para não errar na escolha de seu buffet para um Casmento na Praia.


1. Certifique-se de que o buffet tem expertise em realizar casamentos na praia.

Neste primeiro tópico, pode parecer estranho, mas não vamos nem falar em cardápio. Procure, é claro, um buffet que agrade seu paladar e dos seus convidados, porém, mais do que isso, certifique-se também que a empresa está acostumada a realizar eventos na praia. Existem alguns fatores críticos que precisam ser observados pelo buffet para que consiga entregar um excelente serviço:

  • Os alimentos precisam ser transportados na temperatura correta para evitar riscos alimentares;

  • Diferentemente de recepções na cidade, normalmente as casas na praia não oferecem a mesma estrutura de cozinha. O buffet precisa estar preparado para isso;

  • Os casamentos na praia normalmente ocorrem mais cedo e são mais distantes, o que resulta em menos horas para a montagem no evento. Qualquer minuto de atraso na logística do buffet pode resultar em atrapalhos no serviço;

  • A visita técnica antes da realização do evento é fundamental. Mesmo que o buffet já tenha realizado eventos no local, cada casamento tem a sua história, a sua realidade. Uma visita técnica do buffet junto ao cliente, decorador e/ou assessor faz a diferença para um planejamento logístico mais adequado. Não há nada pior do que no dia do evento, o buffet estar procurando saber onde será montada a Mesa Americana, por exemplo;

  • Certifique-se de que a equipe do buffet vai toda junta em ônibus próprio ou fretado. Esta é a melhor forma do Buffet assegurar que toda a equipe estará no horário e local corretos;

  • O perfil de consumo dos convidados é totalmente diferente de acordo com o local e horário do evento. Na praia, por exemplo, normalmente temos um consumo muito maior da Mesa Americana e Coquetel Volante na primeira hora de serviço. Além disso, as bebidas mais leves (Espumante, Chopp e Drinks) tendem a sair muito mais do que whisky. O Buffet precisa estar preparado para essas variações;

  • Um serviço na praia, normalmente, pela montagem no sol, pela viagem mais distante, pelas horas de serviço, etc. torna-se mais desgastante para a equipe. Escolha um buffet que tenha equipe preparada para tal.


2. Escolha um cardápio leve, porém farto

Não confunda a leveza necessária a um cardápio na praia com a falta de fartura.

Se você já foi a um casamento na praia, já deve ter vivenciado a experiência de passar a manhã no salão se arrumando, almoçar correndo (quando dá tempo) para poder pegar 1 ou 2 horas de estrada e chegar a tempo em uma cerimônia às 15h30, por exemplo. Depois de 1 hora e meia de cerimônia qual é o seu maior sentimento? FOME ;P

E assim será com seus convidados no dia do seu casamento. Procure um buffet que ofereça um bom cardápio para praia, preferencialmente com opções volantes e também à americana. Priorize frutos do mar, itens frios e refrescantes.


3. Não deixe seus convidados com sede na cerimônia

Por mais que sua cerimônia seja em um horário já com o sol mais baixo, o calor ainda é grande. Peça ao seu buffet para servir água mineral, suquinhos tropicais, espetinhos de frutas refrescantes, etc antes da cerimônia enquanto seus convidados aguardam o cortejo.


4. Procure feedbacks

Esta dica serve para qualquer fornecedor e para qualquer estilo de casamento e você já deve ter ouvido bastante. Mas, não custa repetir: procure feedbacks do seu buffet!

Feedbacks de fornecedores de outras áreas são importantes, de outros clientes são fundamentais! Busque nas redes sociais, nos fóruns específicos de casamento (casamentos.com.br, por exemplo), entre seus amigos.

5. Faça uma degustação!

Faça uma degustação! Faça uma degustação! Isso mesmo. Esta dica poderíamos repetir 3 vezes de tão importante que é.

Você pode já conhecer o Buffet. Pode já ter sido o buffet do casamento de um familiar muito próximo seu. Pode ser um dos buffets mais conhecidos da cidade. Porém, faça uma degustação!

É a melhor maneira de você avaliar realmente o buffet. Em uma festa, normalmente você está dançando, interagindo, bebendo, e você nem observa a qualidade e a apresentação do Buffet. Em uma degustação, além de você poder provar todos os itens, será uma oportunidade também de você conversar tête-a-tête com a equipe do buffet, entender os detalhes, e, de fato, escolher o seu fornecedor.


6. Atendimento é tudo

Mais uma vez, esta dica pode servir para vários fornecedores do seu casamento. Mas focaremos aqui especificamente no buffet.

“Quais são mesmo as opções de cores das toalhas?”

“Qual o tamanho da mesa?“

“E se eu quiser aumentar o número de convidados?”

“E se eu quiser mudar a minha data?”

“Quanto devo comprar de espumante?”

Estas são só algumas dúvidas que vão surgir durante a programação do seu casamento. Imagina tentar tirar estas dúvidas com um fornecedor que não atende sua ligação, demora 3 dias para responder um email e nem tem whatsapp. Estressante, não é? Pois é. Procure um fornecedor que você consiga criar um relacionamento, que responda rápido, e que te atenda bem. Se você não conseguiu isso antes de fechar o contrato, nem prossiga a negociação, pois você vai ter problemas depois.


7. Se preocupe com o tempo de serviço

Se você está seguindo todas as dicas do blog, seus convidados estarão animadíssimos para a sua festa. E ela não pode acabar rápido. :)

Já vimos que o horário ideal para o convite é às 15h30, correto? Provavelmente sua recepção estará iniciando às 17h30. Se você não quer acabar a festa no auge da animação, o ideal é que o serviço permaneça até pelo menos 1h da madrugada.

Veja também nosso post: Por que preciso de 8h de festa no meu casamento - Os 8 motivos.


Pensar nas bebidas que vai oferecer em seu Casamento na Praia


Não se engane: a distância não fará seus convidados beberem menos! Normalmente, os amigos mais próximos (e mais animados) se organizam para dividir um transporte contratado, muitos vão de uber ou taxi, e alguns até buscam hospedagem em algum local próximo ao casamento. O resultado é que, muitas vezes, o consumo das bebidas alcoólicas termina sendo até maior em um Casamento na Praia. Sobre as quantidades de bebidas recomendadas, veja nosso post específico sobre isso.


Trazemos aqui algumas ideias interessantes de bebidas alcoólicas e não alcoólicas para Casamento na Praia.


Para recepcionar os convidados

Espumante servido com picolés de frutas refrescantes

Água aromatizada e suquinhos tropicais servidos em garrafinhas


Para a festa toda

Barca de Coco e Espumante

Clericot de vinho branco, abacaxi, manga e kiwi de @wbalaca

Para a pista de dança


Cerveja em canequinha harmonizada com mini pão de queijo e costelinha suína ao barbecue de goiaba

Shots do incrível @wbalaca

Conhecer alguns mitos sobre o Casamento na Praia


Trouxemos aqui alguns mitos sobre o Casamento na Praia:


1. Vai acabar cedo

MITO

Muito pelo contrário. O fato de começar mais cedo deixará seus convidados muito mais dispostos para horas de festa. Alguns fatores ainda podem influir positivamente na animação: se os convidados estiverem hospedados na cidade, se estiverem com transporte contratado para levá-los de volta, se a temperatura estiver amena, se não houver grandes atrasos na cerimônia.


2. É bonito, mas não quero casar morrendo de calor

MITO

Se você seguir nossas dicas de horário, você conseguirá aproveitar de toda a beleza de um casamento na praia sem morrer de calor.

Veja aqui o post Casamento na Praia - qual o melhor horário?


3. Não posso casar de salto alto na praia e faço questão

MITO

Talvez não seja o ideal se você desejar um casamento de fato na areia. Mas, se você deseja casar de salto alto, mas quer aproveitar o cenário praiano, há opções de casas lindas com salão ou píer com vista para o mar, sem ser necessariamente pé na areia.

Se você deseja casar no litoral pernambucano, baixe aqui nosso ebook com as melhores casas e espaços para o seu casamento.


4. Vai ser mais econômico

MITO (normalmente)

Não necessariamente isto é uma verdade. Não é o local em si que pode torná-lo mais econômico e sim, o estilo do seu casamento. É verdade que os valores das casas na praia são um pouco mais em conta do que as da cidade, porém você pagará deslocamento de todos os seus fornecedores, e provavelmente terá que contratar toldo, cadeiras para a cerimônia, altar, celebrante, etc.

Também se entende que uma decoração na praia é mais simples e sem tantas formalidades. Porém, nem sempre isto vai se refletir no orçamento, já que você pode se encantar por um estilo de decoração na praia que não necessariamente seja o mais econômico.

Então, é verdade que você pode economizar com o espaço e com a decoração, porém talvez não no orçamento geral. Um casamento ao ar livre em Recife, por exemplo, pode terminar saindo mais em conta, dependendo do estilo.


5. Tenho que oferecer transporte ou hospedagem para os meus convidados

MITO

Lógico que quanto mais conforto para os seus convidados, melhor. Porém, não há esta obrigatoriedade de que você tem que oferecer o transporte, nem muito menos a hospedagem. Se você vai receber convidados de fora (que não conheçam o local do seu casamento), faça uma lista com os melhores hotéis da região, dicas de salões de beleza legais, dicas de transporte e seus convidados vão adorar! ;)



  • Instagram - Black Circle
  • Black Facebook Icon
VILLA SANDINO
RUA NICARÁGUA, 139, ESPINHEIRO, RECIFE - PE
(81) 3031.7434 / (81) 99934.3272 (WHATSAPP)
CONTATO@VILLASANDINO.COM.BR